A HERÁLDICA DO PODER

Matheus Furtado

Resumo


A heráldica desenvolvida para o primeiro rei de Portugal, Afonso Henriques, é uma representação imagética para a narrativa de uma das mais famosas batalhas da história portuguesa: o combate que ocorreu no campo Ourique. Tal luta foi essencial tanto para a consolidação da monarquia aí iniciada, quanto para as posteriores dinastias e governos contemporâneos (ditatoriais ou não).

O escudo de Afonso Henriques foi constantemente reapropriado e reutilizado, sem perder, porém, seus significados iniciais, passando por uma transformação em seu status original. Assim, ele salta de uma simples marca dinástica, para marca do reino, Estado e nação que surgiram mais tarde. Houve, no imaginário dos portugueses, uma identificação coletiva para com os símbolos e significados inerentes aos escudetes azuis em forma de cruz, que simbolizam a heráldica do monarca.

Além de sua utilização em selos, brasões, tabuletas e pinturas, o escudo de Don Afonso Henriques também ilustra acessórios, joias, vestuário, peças de mobília, bandeiras, moedas, armas e os mais variados objetos.

Palavras-chave


Heráldica; Símbolos; Associação; Poder; Artefato

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.